Parrachos de Maracajaú, Ceará-Mirim
SIGLA - Nome do Orgão do RN
Sexta-feira, 31/10/2014

Exportação

Agronegócio é principal exportador

O Rio Grande do Norte continua apresentando crescimento no setor de exportação e com destaque para alguns setores da economia potiguar. De acordo com os dados divulgados pela Secretaria Estadual do Desenvolvimento Econômico, nos primeiros três meses do ano, o Estado fechou o trimestre com US$ 96,3 milhões em vendas externas. O crescimento apontado, em comparação ao ano anterior, foi de 17%, superando a média nacional (15,4%) e bem acima a da região Nordeste (12,8%).

Este resultado expressivo torna-se maior ainda se comparadas as exportações de acordo com o número de dias úteis deste ano (62 dias): o crescimento percentual passa a ser, na verdade, de 18,9% em reação ao ano de 2006. O setor mineral vem se destacando com a expansão no percentual de exportação graças à política de incentivo do Governo do Estado.

O setor do agronegócio continua dominando a pauta externa em 2007, principalmente com a fruticultura. O melão continua em primeiro lugar, com US$ 22,2 milhões exportados, apresentando crescimento de 37,2% em relação ao ano de 2006. A entrada no mercado norte-americano tem se apresentado como uma nova opção comercial para os produtores do Vale do Mossoró. A expectativa dos produtores é de que, já a partir da próxima safra, os Estados Unidos dividam com a Europa o mesmo volume de compra da fruta tropical potiguar.

INDÚSTRIA

Os produtos de confeitaria compõem o primeiro item do setor industrial nas exportações do Estado, com US$ 5,5 milhões exportados, também apresentando ritmo acelerado de expansão externa, sobretudo se comparado ao ano de 2005, quando apresentou aumento de 149,8%.

O produto de maior relevância em expansão percentual foi o granito, com a importância de US$ 1,6 milhão, garantindo um aumento de 771,6%. O percentual confirma o bom desempenho do setor mineral verificado nos últimos três anos, com a retomada do setor mineral da região do Seridó.

Agronegócio - Valores das exportações

1º - Melão: US$ 22,2 milhões
2º - Açúcar: US$ 9,7 milhões
3º - Castanha de caju: US$ 9,3 milhões
4º - Camarão: US$ 8,7 milhões
5º - Banana: US$ 7,4 milhões

Voltar para a página anterior voltar topo


Sigla, Endereço, Telefone